Publicado por: China Trade Center | 25/02/2011

Ceará-China: 58% das importações são itens para produzir

No ano passado, os chineses venderam para o Estado o equivalente a US$ 469 milhões, mais que o dobro do 2º país do ranking, os EUA, com US$ 219 milhões. Nos últimos 10 anos, a China ampliou em 16 vezes suas vendas para os cearenses, um avanço expressivo de 1.553%. De 2007 para cá, já ocupa o 1º lugar no ranking de países que exportam para o Ceará.

Mas nem tudo que entra no Estado é bugiganga de R$ 1,99. O levantamento do CIN/ Fiec identificou que 58% dos produtos trazidos da China são matérias-primas, insumos e máquinas utilizadas nos processos produtivos das empresas locais. Os laminados de ferro e aço são os primeiros da fila.

O setor metalmecânico é um dos mais beneficiados com os preços de equipamentos mais baratos que os encontrados no Brasil. Conforme o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Ceará (Simec), Ricard Pereira, o baixo valor das matérias-primas e máquinas chinesas têm ajudado a alavancar a produção industrial cearense, sobretudo, em seu segmento e atuação.

Ricard foi um dos primeiros empresários a trazer bens de capital da China.
Há quatro, ele vem modernizando seu parque industrial, com economia de 60% e, ainda, vislumbrou uma outra oportunidade de negócio. “Tenho uma empresa, a Ross Máquinas, que distribui os equipamentos por todo o Nordeste. Em março, vamos receber 190 máquinas chinesas”, comenta, ressaltando que o valor do frete, que poderia ser caríssimo em virtude da grande distância, é quase o mesmo do transporte dentro do País. “Sai quase a mesma coisa trazer da China, de navio, e do Sudeste até aqui, pelo modal rodoviário”, afirma.

O Ceará segue na contramão do País. O saldo nacional da balança com a China é positivo, de US$ 5,1 bilhões. Contudo, os brasileiros compraram mais produtos já acabados, mais nocivos à competitividade, do os que estimulam os setores produtivos, que reduzem o valor agregado dos produtos locais.

Canton Fair

Para manter esse tipo benéfico de importação, o CIN realizará, na próxima terça-feira, um seminário sobre oportunidades de negócios na China. O evento será voltado para uma das maiores feiras multissetoriais de negócios do mundo, alvo de empresários cearenses nos últimos anos, a Canton Fair.

Segundo o Simec, a feira é uma ótima chance de pequenas empresas se reunirem para compartilhar custos logísticos e tornar o frete ainda mais atrativo para o bolso. É a prova de que a expressão popular “negócio da China” não existe à toa.

A PARTIR DO CEARÁ
Vendas avançaram 12.372% desde 2001

O cearense compra mais do que vende para o chinês. Isso é fato. Porém, nossas exportações na década 2000 para o gigante da Ásia subiram a impressionante marca de 12.372%. Entre 2001 e 2010, nós ampliamos em 124 vezes a ida das mercadorias locais para o outro lado do mundo. Nesse período, houve uma rápida escalada de US$ 314,9 mil para US$ 39,2 milhões.

A diferença pode parecer pequena em relação ao montante importado, mas já significa muito. Para se ter uma ideia, há 10 anos, a China nem figurava entre os 30 destinos mais importantes de nossas mercadorias. Esse quadro vem mudando de ano para ano. Desde 2009, a China já alcançou a sétima posição entre os maiores compradores dos itens locais.

Couro desponta O produto cearense mais procurado pelos chineses é o couro. De acordo com a presidente do Sindicato das Indústrias de Curtimento de Couros e Peles do Ceará, Roseane Oliveira de Medeiros, a finalidade dos chineses é utilizar o produto como estofamento de móveis e automóveis. Ela explica que a combinação dólar desvalorizado e demanda interna enfraquecida dinamizaram as vendas do couro cearense para o exterior, sobretudo a China, que já é a maior compradora do Estado deste tipo específico de produto. “Com a queda do setor calçadista brasileiro o destino é mandar pra quem está demandando mais. Há sete ou oito anos, aumentaram bastante as exportações para a China”, diz.
Fonte: Diário do Nordeste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: